AS NOSSAS PARTILHAS

segunda-feira, 23 de março de 2009

A PRIMAVERA E AS NOSSAS DESCOBERTAS



Com a chegada da Primavera iniciamos a leitura do «O dia em que a mata ardeu», escrito por José Fanha, com ilustrações de Maria José Gromicho e editado pela GAILIVRO.

Iniciamos pois será uma obra trabalhada durante vários dias devido á importância do tema e á quantidade de coisas que podemos aprender.

Esta obra, escrita em jeito de fábula, aborda de forma transparente, poética e pedagógica a importância da floresta como espaço natural privilegiado de vida e de diversidade. O alerta para questões ambientais prementes, como o efeito devastador dos incêndios florestais, tantas vezes resultantes de comportamentos negligentes, e a sensibilização para a necessidade da recuperação das áreas ardidas, fazem deste livro um precioso instrumento de formação cívica.

Dado o carácter didáctico desta obra e por reconhecerem nela um contributo importante para a defesa ambiental e a preservação da Natureza, a Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), a Direcção-Geral dos Recursos Florestais (DGRF) e o Corpo Nacional de Escutas (CNE) apoiaram institucionalmente e recomendam a leitura deste livro a todas as crianças.

Texto retirado daqui


Na sexta -feira começamos por ouvir a história. Ela fala-nos de uma mata com diversas árvores, animais e plantas. Um dia, por descuido dos Bisnaus, começaram a surgir mais de mil labaredas no chão. Um passarinho quando viu que a árvore onde costumava pousar estava arder, foi correr chamar os bombeiros.
As crianças interessaram-se tanto por esta parte da história e pelos bombeiros que combinamos tentar marcar uma visita ao quartel dos Bombeiros Voluntários Portuenses.
Hoje, após termos falado sobre as partes que constituem as árvores e visto algumas imagens dos exemplares mais comuns nas nossas matas e florestas, pintamos uma árvore.

Depois, como actividade promotora da leitura e da escrita, procuramos mais palavras que tal como Árvore também começam por A.







Com algumas das palavras que descobrimos fizemos um trabalho de divisão silábica.


Foi um dia cheio de descobertas.

2 comentários:

  1. tantos "ÁS"!!!
    De arvore, de Alice, de água,de alva, de Alda e de meninos que sabem mesmo muitas coisas, pois encontraram muitos "às".
    Beijinhos para eles e para a sua Educadora
    Luz

    ResponderEliminar
  2. Muito bacana adorei o blog, parabéns!!

    ResponderEliminar